>



A Janela da vida
 


Certa vez, dois homens gravemente doentes
estavam na mesma enfermaria de um grande
hospital. O cômodo era bastante pequeno,
e nele havia uma janela que dava para
o mundo lá fora.

Um deles tinha como parte do tratamento,
permissão para sentar-se na cama por
1 hora no período da tarde, algo a ver
com a drenagem do fluído de seus
pulmões, por isso sua cama
ficava perto da janela.

O outro, contudo, tinha que passar todo
tempo deitado de barriga para cima.

Todas as tardes, o homem cuja cama
ficava perto da janela, passava seu
tempo descrevendo ao Amigo
tudo que via lá fora:

A janela aparentemente dava para
um parque onde havia um lago.

Haviam patos e cisnes e as crianças
colocavam barquinhos na água.

Jovens namorados caminhavam de mãos
dadas. Entre as árvores haviam lindas
flores e um belíssimo gramado.

Ao fundo, por trás da fileira de árvores,
avistava-se o magnífico contorno dos
inúmeros prédios daquela cidade.

O homem deitado ouvia seu Amigo
descrever tudo isso, apreciando
todos os minutos...

Ouviu sobre como uma criança quase
caiu no lago, e como as mocinhas
estavam charmosas em seus
vestidos de verão.

As descrições do Amigo eventualmente
o fizeram sentir que quase podia ver
tudo que acontecia lá fora.

E, numa bela tarde ocorreu-lhe
o seguinte pensamento:

Por que apenas seu Amigo poderia ter
o prazer de ver tudo que acontecia?

Por que ele não poderia ter
essa chance também?

Sentiu-se envergonhado, porém quanto
mais tentava não pensar assim, mais
queria uma mudança e faria qualquer
coisa para isso acontecer!

Numa noite, seu Amigo subitamente
acordou tossindo, com falta de ar.

Suas mãos procuravam o botão que
faria a enfermeira vir correndo.

O homem, apenas observou seu
Amigo agonizando, e não fez
nada para ajudá-lo...

De manhã, a enfermeira encontrou
o homem morto e sem dizer nada,
retirou seu corpo do quarto.

O homem então, pediu a enfermeira que
o colocasse na cama perto da janela.

Ela o colocou e ajeitou suas cobertas
para que se sentisse confortável.

Após a enfermeira sair, o homem, com muita
dificuldade, apoiou-se sobre a janela, olhou
para fora na expectativa de contemplar
aquela linda paisagem que o Amigo
tanta falava!

Mas, para sua tristeza e decepção,
ele avistou apenas, um grande
muro branco...


 



 

Envie essa mensagem para alguém especial

  Enviar por e-mail

 Enviar pelo Orkut

Clique no botão abaixo, "Copiar Código"


» Copiar Código «



 

     

 

 

       Gospel Top Sites